Blog Clara Nunes: Julho 2008

30 julho 2008

Vem aí o Festival Clara Nunes em Caetanópolis-MG

Vale a pena conferir:

Pelo terceiro ano seguido realiza-se em Caetanópolis-MG, terra natal de Clara, o 3º Festival Cultural Clara Nunes nos dias 07 a 17 de agosto/2008. A Secretaria Municipal de Cultura de Caetanópolis-MG, na pessoa de Adriana Ribeiro, Secretária de Cultura e do Prefeito Romário Vicente convida a todos para o evento que celebra o aniversário de Clara, no dia 12 de agosto.
O Festival Cultural Clara Nunes é uma grande festa com o objetivo de fomentar a cultura local e cidades circunvizinhas, discutindo a obra , o mito Clara Nunes, sua vida, sua arte e sua importância no cenário musical brasileiro, trabalhando a cultura da terra,dando a oportunidade aos jovens de mostrarem seus talentos na música, teatro, dança e artes plásticas.
E claro, o tema principal é sempre Clara Nunes! Veja a programação do festival clicando na imagem abaixo:
Praça Central da Matriz:
Dias 7 e 8 de agosto - quinta e sexta-feira 19h: Semifinal do 2º Festival da Canção de Caetanópolis - Descobrindo Novos Talentos
Palestra de Adelzon Alves- Convidado Especial
Produtor de Clara, nas escolas do município.

Dia 9 de agosto - sábado - Abertura 19h: Shows: Márcio Guima, Melissa Freire e Luis Valente, Corpo Cidadão, Grupo Clarear Dia 10 de agosto - domingo 10h: 3º Encontro de Grupos de Capoeira, Domingo de Lazer 14h: Cia. Municipal de Dança e Teatro de Paraopeba. Direção Alan Keller 19h: 3ª Mostra de Dança, Show Oswaldo Montenegro Dia 15 de agosto - sexta-feira 19h: Grupo de Dança Expressão e Movimento, Grupo Xorô, Banda Brasil 70 Show Dia 16 de agosto - sábado 19h: Final do 2º Festival da Canção de Caetanópolis - Descobrindo Novos Talentos. Show Saulo Laranjeira Dia 17 de Agosto - domingo 10h: 5º Encontro de Bandas de Música, Coral Infantil Canarinhos de São Judas Tadeu - Sabará - MG 19h: Grupo de Dança Expressão e Movimento, Projeto Cordas & Cia. "Sucessos da era do rádio". Programação Casa de Cultura Clara Nunes: De 9 a 16 de Agosto De 12 às 17h: Exposição de artesanato, sessão de vídeos, atividades culturais Dia 11 de agosto - segunda-feira 20h: Projeto Instrumental Cordas & Cia. Dia 12 de agosto - terça-feira 20h: Creche Clara Nunes, Contadores de História Miguilim, Coral Canto Livre Dia 13 de agosto - quarta-feira 20h: Cia. Teatral Estrela Dalva II com a peça "O Tito". Grupo de Dança do Ventre Najma Laila Dia 14 de agosto - quinta-feira 20h: Orquestra de Câmara do Sesi - B. Horizonte - MG Dia 16 de agosto - sexta-feira 16h: Projeto "Melhor Idade" com forró de Gil de Souza

Para adquirir o livro

O livro "O canto mestiço de Clara Nunes" resultado das pesquisas da professora Silvia Brügger da faculdade de São João Del Rei, estará sendo vendido em Caetanópolis pelo Instituto Clara Nunes durante o Festival na Semana Clara Nunes de 08 a 17 de agosto. Para quem estiver na cidade pode procurar na Creche do Instituto que estará sendo vendido a R$20,00.

Para quem não puder ir no Festival procurar o Marlon, autor de um artigo no livro,que fez contato conosco através do e-mail abaixo: marllonssilva@yahoo.com.br
O resultado da comercialização será revertido para o Instituto Clara Nunes.
O valor do livro é de R$ 20,00, mais a postagem.
Quem se interessar, entrar em contato pelo e-mail : marllonssilva@yahoo.com.br Marlon São João Del Rei

27 julho 2008

Termina o Festival de Inverno em São João Del Rei. Fotos de André Fossati, divulgação do Festival. Parabéns à Faculdade e a todos os envolvidos!

O livro acadêmico "O canto mestiço de Clara Nunes" da professora e pesquisadora Sílvia Brügger , em que contextualiza, através da obra de Clara,
o momento e a atuação sócio-cultural da cantora.
Vale lembrar que foi o processo de pesquisa que resultou nessa publicação que motivou o 21° Inverno Cultural a homenagear Clara Nunes.
A cantora Dorina, com seu show-homenagem à Clara.
A folia de reis, na exposição do acervo Clara Nunes.
Dona Mariquita e Liliane Dardot.
Fotos: André Fossati, divulgação do Festival de Inverno de São João Del Rei.

Fotos do Festival -exposição

Fotos da exposição " O Brasil mestiço de Clara Nunes"
do acervo de Clara Nunes que encontra-se sob os cuidados de sua irmã, Dona Mariquita. A exposição foi sob a curadoria da artista plástica Liliane Dardot.
Fotos: André Fossati/Divulgação do Festival de Inverno
Dona Mariquita, irmã que criou Clara,orfã de pai
e mãe desde muito cedo.
Visivelmente emocionada, revê o acervo que cuida com tanta
dedicação à espera de apoio para a construção em Caetanópolis-MG,
terra natal de Clara, do Memorial Clara Nunes.

Fotos do Festival

Show da Velha Guarda da Portela
Programa de rádio em conjunto com a Rádio Inconfidência
de Belo Horizonte, onde Clara começou sua carreira,
contratada da famosa emissora de Minas.
Adelzon Alves, produtor que deu impulso na carreira de
Clara Nunes nos anos 70,na exposição do acervo da cantora.
Peça teatral: CLARA ESTRELA
Sao Joao del Rei/Minas Gerais/Brasil 21 INVERNO CULTURAL DA UFSJ
Fotos: Andre Fossati/Divulgacao do Inverno Cultural

18 julho 2008

Terceira peça teatral em homenagem à Clara Nunes

Clara Nunes é tema de musical em cartaz em São João del Rey . O musical foi escrito especialmente para a cantora pelo diretor Adyr Assumpção.
O instrumentista Maurício Tizumba e a cantora Rita Medeiros
estrelam a peça"Clara Estrela"
Ícone do samba, a cantora mineira Clara Nunes ganha homenagem especial no Inverno Cultural, festival realizado em São João del-Rei até dia 26. Exposição, shows e palestras lembram a importância da intérprete dos clássicos Contos de areia e Canto das três raças. A obra de Clara Nunes não se limita à gravação de belas canções, à voz afinada ou ao carisma no palco. A artista de Paraopeba soube expressar como ninguém a força das raízes afro-brasileiras. O diretor e ator Adyr Assumpção escreveu o espetáculo especialmente para o festival. Clara estrela, em cartaz até domingo, no Teatro Municipal de São João del-Rei, é biografia musical que aborda o rico universo estético de compositores lançados e gravados pela mineira. Além disso, a montagem resgata gênero tradicional na história são-joanense: o teatro musical.Tudo começa com a louvação à morte da artista. O espectador fica conhecendo a trajetória dela, suas canções e a luta para se firmar no show business. Menina pobre do interior de Minas, Clara foi tecelã, cantora de rádio, participou de programas de auditório, foi artista da noite e musa da MPB. A folia-de- reis, que tanto a emocionava, encerra a montagem. “Não há limite entre o erudito e o popular. Quem for assistir à peça terá uma visão musical amplificada”, explica Adyr Assumpção.
Rita Medeiros e Maurício Tizumba têm a missão de relembrar Clara no palco. Cantora profissional há 18 anos, Rita chama a atenção para a riqueza do repertório da homenageada. Mestre dos tambores mineiros, Tizumba conhece como ninguém a cultura afrobrasileira que tanto encantou a intérprete de Morena de Angola – canção de Chico Buarque que ganhou cores especiais na voz de Clara Nunes. O espetáculo, no entanto, não se limita ao samba. MPB e canto lírico fazem parte do programa.
Um dos objetivos do Inverno Cultural é incentivar as atividades de extensão acadêmica. Alunos de música da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) participaram de seleção e 14 integram o elenco de Clara estrela. A direção musical é da professora Thaís dos Guimarães."Clara Estrela" Espetáculo de Adyr Assumpção (concepção e direção) e Rita Gusmão (assistente de direção). Com Thaís dos Guimarães (direção musical), Doriedson Santana (arranjador e maestro), Maurício Tizumba (ator e cantor), Rita Medeiros (cantora), Grupo Mucambo e alunos do curso de música da UFSJAté domingo, às 20h, no Teatro Municipal de São João del-Rei. Fonte:Jornal Estado de Minas- EM Cultura

16 julho 2008

Exposição do acervo Clara Nunes

Exposição revela a clara mestiça
Douglas Resende(Jornal O Tempo)
São João del Rey: "Tem areia no fundo do mar tem areia/tem areia ô, tem areia..." Os versos da música "Misticismo da África ao Brasil", dos compositores Mário Pereira, Vilmar Costa e João Galvão, são usados pela curadora Liliane Dardot para justificar o uso da areia no chão de um dos três espaços da exposição "Brasil Mestiço de clara nunes", montada no Centro Cultural da Universidade Federal de São João del Rei (UFJS), no Solar da Baronesa, dentro da programação do Inverno Cultural são-joanense.A areia é palavra recorrente em outras tantas canções de Clara Nunes. Mas em "Misticismo da África ao Brasil" ela sugere que Brasil e África não estão tão separados como parece, mas ligados por um chão contínuo. Essa é a parte mais sensorial da exposição, quando o visitante tem de tirar os sapatos e, pisando na areia, percorrer a sala sob vestidos brancos de Clara, suspensos e coloridos por luzes que se alternam. "A Clara se vestia de acordo com a cor que remete ao orixá do dia", justifica Liliane Dardot o uso da iluminação.

Peça teatral: Clara Estrela

Musical. Cena da peça teatral:
Clara Estrela, estréia do fim de semana no Inverno Cultural de São João del Rei
Foto: André Fossati/Jornal O Tempo
Continuam as atividades em São João Del Rei: no próximo domingo será transmitido um programa especial na Rádio São João com figuras fundamentais para a projeção da cantora mineira, como o compositor Jadir Ambrósio, considerado "o descobridor de Clara", e o radialista Adelson Alves; o espetáculo "Clara Estrela", com direção de Adyr Assumpção, está sendo preparado e narra "uma biografia da música brasileira cantada por Clara em suas diferentes formas do cancioneiro brasileiro, de Vinicius de Moraes a Candeias", nas palavras de Adyr.

Homenagem na tv

Homenagem a Clara Nunes
na TV MINAS - TV E
O programa de tv Brasil das Gerais , da TV Minas (TVE) desta quinta-feira (17/07/2008 - 20 hs ) homenageia a mineira Clara Nunes. Dona de uma voz única e preocupada em entender e divulgar a música popular, a cantora conquistou o sucesso em todo o país e reconhecimento no exterior. Apresentou-se em países da África, Europa e Ásia sempre ovacionada.O programa conta com a participação da irmã da cantora, Dona Mariquita, responsável por sua criação após perderem os pais bem cedo, e outros personagens que conviveram ou estudaram a vida e obra de Clara Nunes.

15 julho 2008

Começa o Festival de Inverno

Já está agitando em Minas o Festival de Inverno de São João Del Rei,onde Clara Nunes é homenageada pela faculdade federal de São João Del Rei .
Duas artistas. A artista e curadora Liliane Dardot ao
lado de foto da cantora Clara Nunes que integra exposição.(Foto:UFSJ)
Inaugurada no Inverno Cultural de São João del Rei a exposição "O Brasil Mestiço de Clara Nunes". Sob curadoria da artista plástica Liliane Dardot, a mostra reúne objetos pessoais da cantora, trazidos do Instituto Clara Nunes, fundado em Caetanópolis por dona Mariquita, irmã de Clara. A exposição fica até 13 de agosto no Solar da Baronesa de Itaverava.
Foto:UFSJ
O momento mais emocionante da noite, na abertura do Festival (12/07/2008), sem dúvida, foi quando o grupo Demonios da Garoa apresentou ao público a canção "Clara", composta por Canhotinho do Cavaquinho logo depois da morte de Clara Nunes. "Há muitos anos não tocávamos essa canção, mas não podíamos deixá-la de fora num evento que homenageia a nossa grande amiga", disse Simbad, em nome do grupo, visivelmente alegre por participar do 21° Inverno Cultural da UFSJ.