Blog Clara Nunes: Setembro 2014

30 setembro 2014

Jadir Ambrósio- Fundamental na vida de Clara Nunes


Compositor e descobridor do talento de Clara Nunes em 1959, Jadir Ambrósio morre aos 91 anos.


O reconhecido trombonista também foi autor de sambas gravados por músicos famosos, como Agnaldo Timóteo e Luiz Gonzaga. Jadir ainda foi professor e amigo da cantora mineira Clara Nunes.Além do hino celeste, Jadir Ambrósio teve outras músicas famosas como Buraco de tatu, Chô passarinho .
"Clara ao saber que na igreja perto de sua casa havia um coral, foi se apresentar ao maestro, Jadir Ambrósio, compositor respeitado em Belo Horizonte. De lá, foi um pulo para cantar no rádio, inscrever-se e ganhar o terceiro lugar do concurso nacional  A Voz de Ouro ABC (uma empresa brasileira que fabricava televisores, rádios e vitrolas).
Nada mal para ela, que, naquele ano de 1960, passaria a ser conhecida como Clara Nunes"Em 1961, participou do LP comemorativo dos 25 anos da Rádio Inconfidência, com a faixa “Vida Cruel”, de Jadir Ambrósio e Wilson Miranda.



  • Com pesar me despeço do querido amigo Jadir Ambrósio. Fraterno, amigo, Jadir se vai com o respeito e a admiração 
    de todos que tiveram o privilégio de com ele conviver.
    Era um iluminado.

    Que na voz da jovem sonhadora, Clara Nunes,
    percebeu possibilidades imensas,
    que tratou de trabalhar e poder enviar
    para o Brasil e o mundo
    como uma das mais bonitas vozes que Minas Gerais já teve.
    Minas Gerais,celeiro de grande nomes
    na música,na literatura e demais expressões artísticas,
    muito deve ao Jadir Ambrósio.
    Hoje como se diz, "è festa no Céu"
    Violão..pandeiro..tamborim na marcação e reco-reco....
    Chora,cavaquinho, chora.. chora violão,também...

    terça-feira, setembro 30, 2014

12 setembro 2014

2015- Grande espetáculo : Clara Nunes- O Musical

VANESSA GERBELLI SERÁ CLARA NUNES EM MUSICAL BIOGRÁFICO

Clara Nunes - Foto: Divulgação
Clara Nunes – Foto: Divulgação
O primeiro semestre de 2015 será marcado pela presença do samba no teatro musical, assim como Dona Ivone Lara, considerada a “Primeira Dama do Samba” e figura icônica da escola Império Serrano, a vida de outra “Dama” do gênero, e que conquistou esse título na quadra da Portela, será contada e cantada nos palcos. Conhecida por sua voz de sereia, a mineira Clara Nunes será homenageada em um espetáculo biográfico, dirigido por Francisco Nery, responsável também pelo roteiro.
No palco, a atriz Vanessa Gerbelli(Quase Normal) foi incumbida da missão de entoar o canto dos cantos e dar vida a “Guerreira”. Acompanhada de outros 19 atores e bailarinos, o musical seguirá uma ordem cronológica, e apresentará ao público todas as fases da carreira da cantora, interrompida precocemente aos 39 anos, e marcada pela mistura de ritmos, que inclui boleros, canções românticas, canções com vertente nordestina, influências afro-religiosas, e claro, os sambas. Seu sucesso foi responsável por espalhar a poesia e a música popular brasileira pelo mundo, levando sua obra a diversos países como Angola, Suécia, Japão, Portugal e França.
Ainda em fase de captação de patrocínio, o espetáculo, orçado em R$ 3,1 milhões, e que leva o clássico título provisório de “Clara Nunes – O Musical”, está previsto para estrear no Rio de Janeiro, em janeiro de 2015.
Vanessa Gerbelli será Clara Nunes - Foto: Divulgação
Vanessa Gerbelli será Clara Nunes – Foto: Divulgação
http://abroadwayeaqui.com.br/2014/08/20/vanessa-gerbelli-sera-clara-nunes-em-musical-biografico/


DONA IVONE LARA E CLARA NUNES GANHARÃO MUSICAIS

Nos últimos anos o público brasileiro presenciou um boom de musicais, principalmente daqueles inspirados nas vidas e obras de ícones da música. Desde 2011, já foram lançados espetáculos baseados nas carreiras de Tim Maia, Cássia Eller, Cazuza, Rita Lee, Milton Nascimento, Elis Regina, entre outros. Agora, foi confirmado que mais duas cantoras serão homenageadas com um musical, Dona Ivone Lara e Clara Nunes.
O espetáculo sobre Dona Ivone Lara recebeu o título de “Ivone Lara – Dona Melodia”, e abordará a carreira da “Primeira Dama do Samba” numa época em que o samba ainda era muito machista. A obra, que tem texto de Diogo Vilela e direção de Fernando Philbert, também apresentará o outro lado de Dona Ivone, que já foi enfermeira, e a própria história do samba. A cantora foi a primeira mulher a participar na ala de compositores da Império Serrano.
Já o musical sobre Clara Nunes, também com previsão de estreia para o começo de 2015, apesar de ainda não ter um título definido, já confirmou que terá a atriz global Vanessa Gerbelli no papel principal. Com roteiro, direção musical e geral de Francisco Nery, o espetáculo retratará a vida e a música da primeira cantora brasileira a vender mais de 100 mil álbuns com dez músicos e dez dançarinos no palco.
(Fonte: Portal Sucesso)

Musical estréia no Rio de Janeiro no Teatro João Caetano em 2015
O projeto consiste na concepção, produção e apresentação do musical “CLARA NUNES” de autoria de Francisco Nery, em uma grande homenagem à cantora Clara Nunes, com produção totalmente nacional e com a realização de 48 espetáculos no teatro João Caetano na cidade do Rio de Janeiro.
O projeto tem por objetivo a concepção, produção e apresentação do musical “CLARA NUNES” de autoria de Francisco Nery, com produção totalmente nacional e com a realização de 48 espetáculos no teatro João Caetano na cidade do Rio de Janeiro de fevereiro a junho de 2015. Por meio da linguagem das artes cênicas, o musical “CLARA NUNES” é uma grande homenagem à cantora Clara Nunes após os 30 anos de seu falecimento. O espetáculo contará com 1 atriz principal, 10 atores/bailarinos, 04 cantores no backing vocal e 10 músicos ritmistas. Fará parte da cenografia uma fotografias instaladas no hall do teatro em painéis de 1,5m de largura por 1,0m de altura, confeccionados em ferro, madeira e vidro e adereçados com motivos mineiros e cariocas, contribuindo assim junto com a encenação para contar a história da vida e obra desta artista e contribuindo para manter vivo seu legado e sua arte. Após a sua realização na cidade do Rio de Janeiro o projeto pretende iniciar turnê nacional homegeando a artista em todo o país, e levando um musical de qualidade aos seus fãs e a todos que apreciam as artes cênicas valorizando a história da nossa música e dos nossos artistas.
Fonte: Ministerio da Cultura 

                              Teatro João Caetano-Rio