Blog Clara Nunes: "assunto encerrado"

26 novembro 2007

"assunto encerrado"

Um time de 16 convidados ilustres divide com Beth Carvalho e banda de 20 músicos a interpretação de 30 pérolas em disco e DVD que mostram o melhor do samba da Bahia
(Ailton Magioli)
Por ordem de entrada, depois de Danilo (Maracangalha), Beth canta com Daniela Mercury (Chiclete com banana), Carlinhos Brown (Hora da razão), Riachão (Cada macaco no seu galho e Vá morrer com o diabo), Gilberto Gil (Mancada e um pout-pourri de sambas-de-roda, em um dos melhores momentos do DVD) e Mariene de Castro e Roberto Mendes (Raiz). E mais, Armandinho (O ouro e a madeira), Edil Pacheco (Siriê), Margareth Menezes (Dindinha lua e Filha da Bahia, essa também com o autor Walter Queiroz), Maria Bethânia e Caetano Veloso (De manhã e Desde que o samba é samba, essa apenas com Caetano), Ivete Sangalo (Brasil pandeiro), Nelson Rufino e Olodum (Verdade) e, somente com o Olodum (Ê baiana, sucesso da “saudosa” Clara Nunes, segundo diz) também participam da festa do samba baiano, comandada por Beth Carvalho. Vestida de baiana, à la Clara Nunes, Beth Carvalho abre o show com Quem samba fica, de Tião Motorista e Jamelão, com direito a versos feitos exclusivamente para a ocasião, por Arlindo Cruz. Pivô de polêmica recente em que teria dito que Clara Nunes copiava sua maneira de se vestir de branco, Beth garante que o assunto está encerrado: “O DVD cala a boca de todo mundo porque há uma homenagem que faço a Clara”, esclarece, citando a interpretação de Ê baiana como reverência à sua contemporânea, morta prematuramente.
Transcrito do Jornal Estado de Minas
26/11/2007
Blog Clara Voz de Ouro!

2 comentários:

Anônimo disse...

Será que ela vestiu de branco e de baiana foi só para homenagear a Bahia?
Acho que não.
Aí tem coisa.
Só falta querer ocupar o lugar de Clara com roupas brancas...

Neide Pessoa disse...

"ninguém ouviu, um soluçar de dor no canto de Brasil"...
Que Beth Carvalho seja sempre ela mesma,
sem comparações com Clara Nunes,
cada artista tem seu próprio espaço.
Neide